05/02/2019 às 11:49

Mais de 25 mil carteiras de trabalho foram emitidas em 2018 no Amapá

Divulgação

O número de Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS) emitidas em 2018 em todo o Amapá foi de 25.232. Foram 25.181 de carteiras para brasileiros e 51 para estrangeiros, segundo dados divulgados na segunda-feira (4) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Mesmo com a alta procura, muitas pessoas fazem todo o trâmite para expedir o documento, mas depois não vai buscá-lo. Em 2017, por exemplo, quase mil deixaram de ir buscar a carteira expedida somente na rede SuperFácil no Amapá.

Na época, a diretora-geral do Superfácil, Luzia Grunho, chamou a atenção dos usuários quanto aos prejuízos causados pelo esquecimento da carteira.

“Não gera somente dificuldades para nós como órgão, mas também para a própria pessoa que solicitou, pois ela não vai conseguir tirar outra carteira de trabalho já que o sistema vai apontar que o documento foi emitido. Assim o usuário pode não ter acesso a programas estaduais ou federais”, destacou.

No documento é registrada toda a atividade profissional de quem trabalha pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). É obrigatório para toda pessoa que presta serviço na indústria, comércio, agricultura, pecuária ou mesmo de natureza doméstica. A CTPS garante o acesso a alguns dos principais direitos trabalhistas, como seguro-desemprego, benefícios previdenciários e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Em todo o Brasil foram mais de 5 milhões de emissões, um aumento de 5% em relação a 2017, quando 4,8 milhões de trabalhadores receberam o documento. De acordo com o levantamento, na região Norte, considerando-se a proporcionalidade, o estado com maior aumento de emissões foi Roraima, que passou de 20 mil em 2017 para 43 mil este ano.

 

Fonte: G1 Amapá