14/06/2019 às 09:00

Fecomércio AP recebe presidente do Tribunal de Justiça do AP

Aline Medeiros

O presidente do Sistema Fecomércio Amapá Sesc/Senac/IPDC, Eliezir Viterbino, acompanhado dos dirigentes da federação e presidentes de sindicatos patronais, recebeu a comitiva do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), composta pelo presidente, o desembargador João Guilherme Lages, e pelo corregedor-geral, o desembargador Eduardo Contreras, na noite desta quinta-feira (13). O objetivo do encontro, que partiu da iniciativa do presidente do TJAP, foi estreitar cooperação entre as instituições que representam o judiciário e o setor comercial do Estado.

Para Eliezir Viterbino o encontro representa um momento positivo para valorização da classe empresarial do Estado. “Esta visita representa a valorização de toda a classe. Geramos quase 67 mil empregos no nosso estado, um pouco a mais que o setor público, e tê-los aqui para escutar e compreender nossa dinâmica demonstra um importante passo de abertura de diálogo e espírito público”, registrou.

O presidente do TJAP, João Lages, enfatizou a importância que da Fecomércio para a representatividade da classe e reafirmou a disponibilidade do TJAP para contribuir para o desenvolvimento econômico. “Estamos aqui para ouvir os anseios e dificuldades que muitas vezes se colocam como bloqueio ao nosso desenvolvimento e, na medida de nossas competências, encontrar caminhos possíveis”, relatou o desembargador Lages.

Registrando também que a queda de arrecadação de impostos estaduais verificada nos últimos meses precisa ser um assunto abordado com rigor e seriedade, o presidente do TJAP garantiu que a atividade comercial e industrial são fundamentais para melhoria do país.

O corregedor-geral do TJAP, Eduardo Contreras, declarou empenho, com apoio da Presidência do TJAP, no sentido de aprimorar, entre outros serviços, as serventias extrajudiciais (cartórios). “Temos planos de, em três meses, efetivar plenamente o uso de aplicativos fornecidos pelo Poder Judiciário para que cada um possa confirmar a autenticidade dos Selos Eletrônicos em documentos diversos, como procurações, por exemplo. Também estamos empenhados em realmente tornar efetiva a aplicação de uma tabela única de preços para serviços notariais/cartorários em geral”, registrou o desembargador Contreras.

Ao final da reunião, o presidente da Fecomércio AP avaliou o encontro como produtivo e garantiu dar continuidade ao diálogo junto ao judiciário. “A partir dessa reunião vamos alinhar novas perspectivas, estreitar relacionamentos com o judiciário, tanto o comércio quanto o Estado só têm a ganhar com está relação”, finalizou Viterbino.

 

Com informações da Assessoria de Imprensa do TJAP