10/09/2019 às 16:54

CNC e Banco da Amazônia firmam acordo que garante linhas de crédito para empresas do comércio

Fecomércio PA

O presidente do Sistema Fecomércio Amapá e vice-presidente da CNC, Eliezir Viterbino, participou na tarde de ontem (09), em Belém, da assinatura do Acordo de Cooperação Técnica entre a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e o Banco da Amazônia. O acordo visa a ampliação da oferta de linhas de crédito, investimento e capital de giro para as empresas do comércio de bens, serviços e turismo e se estende ao conjunto das empresas representadas pelos sindicatos e Federações do Comércio com atuação nos estados da Amazônia Legal.

O presidente do Sistema Fecomércio Amapá, Eliezir Viterbino, destacou a importância e amplitude de atuação dos agentes que firmaram o acordo de cooperação técnica. "É muito importante que esses dois grandes agentes, CNC e Banco da Amazônia, estejam firmando esse convênio nesse momento em que começamos a respirar um novo momento em nosso País. Esse momento passa diretamente pela injeção de capital no mercado, uma vez que uma das maiores dificuldades das empresas do segmento de bens, serviços e turismo são os recursos para investimento e capital de giro" - explicou Viterbino.

O acordo também poderá ter impacto positivo na capitação de recursos para a ampliação ou criação de novas empresas. De acordo com o presidente Eliezir Viterbino, a Fecomércio AP e o Banco da Amazônia irão realizar, logo mais em Macapá, o lançamento deste acordo, com o objetivo de divulgar a iniciativa no Amapá e facilitar o acesso das empresas as linhas de crédito do Banco.

Outro ponto importante do convênio é a aproximação das micro e pequenas empresas junto ao Banco da Amazônia. Segundo Valdeci Cavalcante, vice-presidente da CNC, as micro e pequenas empresas têm mais dificuldades para acesso aos bancos. "Às vezes as empresas não possuem uma contabilidade organizada, não possuem uma assessoria jurídica organizada. Nesse sentido, esse convênio pretende aproximar a classe empresarial, especialmente os médios e os pequenos empresários, do Banco da Amazônia, para que possam se organizar e buscar os empréstimos e financiamentos para rotatividade de seus negócios" - destacou o vice-presidente da CNC.

O presidente do Banco da Amazônia, Valdecir Tose, destacou que o acordo prevê a divulgação das linhas de crédito do FNO e a agilização do processo de análise feita pelo banco. "O Banco da Amazônia criará uma linha de crédito específica para o comércio, que será mais simples, mais rápida e que deverá atender as necessidades dos comerciantes paraenses e dos outros estados da região" - afirmou.

Presentes na assinatura do acordo

A reunião e assinatura do Acordo de Cooperação Técnica entre CNC e Banco da Amazônia foi acompanhada pelo vice-presidente da CNC, Valdeci Cavalcante; pelo vice-presidente administrativo da CNC, Luiz Gastão Bittencourt; pelo vice-presidente financeiro da CNC, Leandro Domingos; pelo presidente do Sistema Fecomércio Pará, Sebastião Campos; além do presidente do Banco da Amazônia, Valdecir Tose.

 

Texto e foto: Equipe de comunicação da Fecomércio Pará