28/10/2016 às 12:57 - Atualizado em 28/10/2016 às 12:58

Confiança dos empresários do comércio cai em fevereiro

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), divulgado hoje, 6 de março, pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), registrou queda de 2,8% em relação a janeiro. O recuo foi o maior dos últimos seis meses, puxado pela retração mensal em todos os subíndices da pesquisa. Em relação ao mesmo mês de 2013, a queda foi de 5,3%. A partir de fevereiro de 2014, o Icec passa a contar com ajustes sazonais.

A percepção dos empresários em relação às suas condições atuais teve queda de 3,2% em relação ao mês anterior e de 9,6% na comparação com fevereiro de 2013. Já o subíndice que mede as expectativas dos empresários quanto à economia, ao setor de atuação e à própria empresa, registrou queda de 2,7% em fevereiro e de 4,7% em relação ao ano passado.

“Mesmo as expectativas em relação ao comércio, que, a reboque da recuperação das vendas verificadas a partir do segundo semestre do ano passado vinham dando sinais de recuperação, foram corrigidas para baixo”, afirmou o economista da CNC Fabio Bentes.

A previsão atual da CNC é de que, puxadas pelos segmentos de artigos de uso pessoal e doméstico e de farmácias e perfumarias, as vendas do varejo mantenham o ritmo de expansão próximo do atual e encerrem 2014 com alta de 5,8%.

Clique aqui para acessar o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec): fevereiro de 2014

Ascom/CNC